Pages

14 fevereiro 2011

Teoria das Cordas

Um comentário:
 








Essa teoria propõe a união das leis da mecânica quântica (EM + S + W) com a força da gravidade (G), que juntas formam as quatro forças que regem o universo tal como conhecemos, e propõe que o universo possa ter mais do que as três dimensões conhecidas (3D – frente/trás – encima/embaixo – esquerda/direita) + TEMPO. Além disso, essa teoria propõe a existência de uma partícula atômica ainda menor que o Quarks que contém o elemento gravitacional (referência de tamanho: Árvore (corda) para  planeta Terra (quarkz)).


Relevância: Olhando essas forças temos a composição que mantém ORGANIZADO o universo, desde o menor sistema conhecido até o movimento dos planetas em torno do sol, sistemas e galáxias em sua ordem.
Pense agora que qualquer alteração minusculamente pequena de qualquer uma dessas forças. Essa alteraria drasticamente a estrutura de todo o universo. Por exemplo: uma mínima alteração na potência da força eletromagnética influenciaria diretamente na reação existente entre as forças S e W. Uma alteração ridiculamente pequena como esta poderia desfazer o sol através do afastamento ocorrido entre os átomos.
O mais interessante da exposição dessa teoria trata-se de contemplar a grandeza, perfeição e complexidade da matéria, e como cada coisa por mais incrivelmente pequena está em um lugar perfeitamente posicionado, por uma razão específica e na medida exata para uma harmonia de proporções astronômicas.

O que nos cabe pensar é que somente um Deus criador perfeito, onisciente e onipotente para compor tal deslumbrante maravilha que ainda se vê por essa lente tão limitada e pobre denominada de conhecimento humano.


Um comentário: